Textos


Foto Google
 
Antonio de Albuquerque

Alegrias


Não há quem não tenha experimentado grandes momentos de alegria em sua vida. Elas acontecem numa frequência constante ao longo da nossa existência, e estão ligadas às nossas emoções e sentimentos, mas não estão conectadas tão somente aos grandes acontecimentos. A alegria de construir uma nave espacial não é maior do que a de pescar um lambari ver nascer um filho ou até mesmo quando somos bem sucedidos em grandes desafios. A alegria vem pela felicidade sendo esta o maior prazer de que somos capazes. Sentir-se plenamente feliz é estar tão livre de sofrimento que não é possível contentar-se com menos. Ela nasce no coração ao sentirmos sua natureza, e surge nos momentos mais simples ou nos mais extraordinários da nossa vida, no que mais nos agrada; O entardecer, amanhecer, a lua prateando o mar, um passarinho conduzindo nossos sonhos infinitos, o contemplar de um céu ornado de estrelas, a lua prateando as matas, um encantador sorriso de uma criança e tantos outros fenômenos da natureza e momentos que agradam o nosso ser; a alegria de viver, amar, servir, ver alguém feliz, de pensar, sonhar, e tantos outros segredos guardados em lugares recônditos da nossa memória. Na maioria das vezes acordamos com lembranças que nos trazem generosas alegrias, pelos mistérios da vida que procuramos desvendar quando sonhamos.
 
O silêncio da aurora anunciou
Um doce amanhecer de alegria
Acordei lembrando sonhos coloridos
Recordações de um tempo que ficou
No universo das minhas lembranças
A manhã sorria tal um lírio a vicejar
Com o pensamento sonhando sonhos
Vi cenários de encantamento e ternura
Enchendo o espaço de brilho e magia
Contemplei uma flor perfumando o carinho
Num pomar entre rosas, flores e princesas
Das alegrias perfeitas no jardim do amanhecer
Num clarão de felicidade acordei sorrindo de alegria

Quando libertados do corpo adormecido, viajamos por confins, buscando atributos espirituais que em vigília desconhecemos, e quando ao corpo retornamos, sentimos a alegria e a felicidade que encontramos em nossos sonhos. Por esta razão, muitas vezes acordamos trazendo uma impressão indizível de felicidade e alegria, vendo as manhãs sorrindo, o pensamento sonhando cenários encantadores, lembranças de lugares, pessoas e flores e, nos alegrando vemos suas formas e sentimos seus perfumes. São as alegrias perfeitas que encontramos na busca da felicidade para amainar os sofrimentos que por ventura estejamos sujeitos a encontrar nessa efêmera passagem pela Terra.

 
 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 31/12/2015
Alterado em 13/04/2019


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr