Textos


Foto Google
 
Antonio de Albuquerque
 
Não te esquecerei



Comigo conduzo o inexorável tempo, ainda
Sentindo teu cheiro que não saiu de mim
Lembrando tua imagem entre as folhas
Banhadas de luz no crepúsculo solar
Que o vento suave desfolha no jardim
Abrindo no espaço uma poeira de luz
Não posso te esquecer por seres insondável
Mistério quais melodias das fontes
Tenho olhos pejados d’água num mar sem fim
O espírito embrulhado em amorosos sentimentos
Lembrando quando chegaste leve tal um aroma
Banhando de luz e esperança meu coração
E, ao correr para te abraçar
No caminho encontrei um mar de pensamentos
Despencando do céu da minha imaginação
Na inspiração encontrei um vergel florido
Uma nova razão de viver inspirado
Numa rosa que se abriu no caminho




 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 06/05/2019
Alterado em 10/05/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr