Textos


Foto Google
 
Antonio de Albuquerque
 
Na venturosa vida, em matéria densa
Do imortal espírito de atributos infindos
A dor, o sofrimento e a solidão, o soldo
Da semente liberta semeada no solo
Fruto das escolhas incessantes, consequentes
Na paciente e contínua busca da salvação
Da consciência de todas as existências
Que acolhem inumeráveis passagens
Em ditosas e efêmeras materializações
Caminho brilhante para desvendar mistérios
Descobrir segredos que existem na natureza
Nos palácios do universo das recordações
Numa eterna ventura alentando a vida
Qual a luz trazendo à sombra a claridade
Explodindo de um botão quais ósculos do sol
Por esperançosas e sublimes novas lições
Em busca de graduação e aprimoramento
Num mundo onde a vida, banhada de luz
Pode ser um acalanto de ternura e amor
Num claríssimo caminho de amorosa luz

 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 23/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr