Textos


Foto Google
 
Antonio de Albuquerque

CAUSALIDADE

Por que desprezíveis malfeitores
Subtraem recursos pertencentes
A grande população menos
Afortunada, lhes negando
O pão, a saúde, Educação,
Sobrevivência digna, esquecendo
Que todos têm as mesmas
Necessidades e direitos
E justa vida digna, sendo seres
Originários da mesma gênese
Certamente um dia haverão
De encontrarem-se face a face
Com a Justiça Divina
Poderosa Força Universal
Parem, examinem bem todos
Os sinistros usurpadores
Dos humildes que aparentam
Indefesos, seres mutilados
Mas, guarnecidos pelo Criador
Examinem bem a absoluta
Lei Universal da Causalidade
Pensem na perfídia aos humildes
Que têm seus direitos usurpados
Por vós, envaidecidos mandatários
O amanhã poderá ser serôdio
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 25/07/2019
Alterado em 04/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr