Textos



Foto obtido no Google
 
Antonio de Albuquerque
27/10/19
Renascer

Consciente viajando na orbita dos Astros
Flutuando entre estrelas e mundos incógnitos
Sendo minúsculo microscópico pingo de luz
Sem noção de tempo e espaço algo o impulsiona
Para um destino orbital de um brilhante lugar
Em um passado de incomensurável grandeza
Sem recordar gênese, rumo ou razão existencial
Ávido de direção, a Luz causou impulsão
Numa velocidade desmedida, ainda obscura
No silêncio inimaginável do Cosmo
Apenas sob o som das esferas Universais
Num brilhante espaço desmaterializado
Sem reconhecer a luz ignorando a razão
Procurando um abrigo entre formosas luzes
Encontrou um amoroso e divinal caminho
E consciente pela luz, iniciou um renascer
E num verdadeiro milagre impulsionado
Pelo ar recebeu um corpo uma vida e chorou
Encontrando o mal, o bem e a certeza da missão
E num grandioso milagre amoroso, sorriu iniciando
A construção de um ser iluminado pela natureza
Na essência, guiado pelo Senhor do Universo
Para no Planeta cumprir a missão da evolução
Recebendo um genético corpo para nele habitar
Conectado com a estação do mau e do bem
Usufruindo do Livre arbítrio na opção dualística
“Amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo
Como a si mesmo”
Na prática fiel do bem querer.


 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 27/10/2019
Alterado em 27/10/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr