Textos


Antonio de Albuquerque
Foto Google
 
Ensaiando Poesia

Tal o arco-íris da vida, fonte de inspiração.
Se encantou no amanhecer impregnado de primavera
O homem que passava, amante da arte da palavra
De doce gratidão vestindo o manto do amor
E a menina sorria fazendo harmoniosos gestos
E transeuntes displicentes atiravam moedas no chapéu
Ela com esmeradas palavras despertava atenção
Sonhos coloridos pintados de alegria e ternura
Ensaiava poesia tal o mágico, tirando da cartola
A menina ruiva, semblante suave e rosto sardento
Carregado de folhas, flores e ar frio de primavera
E a neve em fios se espargia sobre o chão vermelho
No alto o Sol vermelho brilhava sobre alvas nuvens
Suavemente tocando às folhas, flores e terra orvalhada
Com semblante aberto pés descalços, distraída
Sorria gargalhadas de alegria num doce sentir
Tal lírio a vicejar num vergel pleno de flores e colibris
A bela menina tagarela de cabelos ruivos e tranças


 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 08/01/2020
Alterado em 12/01/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr