Textos


Foto Google
 
Antonio de Albuquerque
13/02/2020
Se Você Quiser
Se você quiser eu faço uma poesia repleta de rima
Faço a chuva na varanda molhar sua roseira
Faço uma carta de amor para você ler sozinha
Sob a luz da majestosa e meiga Lua
Faço o vento sussurrar no seu ouvido amor
Faço você escutar o cantar do Uirapuru
Numa manhã molhada de chuva e Sol dourado
E a harmonia do voo do Gavião rei
Pela mão lhe conduzirei às estâncias de amores
Lhe desejo a tranquilidade do pouso da garça
E a benção do Astro Rei num dourado amanhecer
Só para ganhar o sorriso que você me prometeu


Interações


://Esta poesia é tão aprazível quanto contemplar a lua;/ é radiante, me sinto nas nuvens, ler poesia tua./ É como o néctar dos deuses que ao consumir traz boas recordações./Ela é envolvente como as mais belas canções.// Pronto, mestre, meus aplausos e tenha um dia tão abençoado quanto a sua inspiração.


Gratissimo pela interação poetisa Joselita

Se você pedir eu faço,/O fogo quebrar gelado,/E o vento paralisado,/Chorar de tanto cansaço./O Sol se vestir de flor,/O mar se abrir pra nós./Faço música com sua voz,/Pra ser a luz do amor.../E farei tantas loucuras,/Que deus virá das alturas,/Pra nos tomar por avós.../// Parabéns! E que Deus nos abençoe e nos ilumine... Sempre...

Grato pela interação Mestre Jacó

 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 13/02/2020
Alterado em 16/02/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr