Textos


Foto Google
Antonio de Albuquerque
01/03/2020
O Amor vem da Rosa

Rebuscando na memória no infinito universo
Das minhas recordações com o pensamento
Voando busco entender a razão de tanto lhe amar
Intenso qual semente que germina num fértil jardim
Somente sei o seu nome singular que me inspira amar
Contemplando a encantadora beleza e mistério da Rosa
Buscando a possibilidade tão singular e amorosa
Nos esplendorosos misterios e encantos dessa Rosa
Fonte de minha inspiração e rainha de todas as flores
Que desvela os verdadeiros encantos do amor
Sei que a Rosa não fala, mas exala o perfume
De todas as flores que me inspira você
Me abraçando com ternura me fazendo
Voar nos encantos da sua rica beleza
Regando a força que me traz um risonho amar
Com infinita intensidade admirando a bela Rosa
Plantada nos recônditos lugares dos meus sentimentos
Nos imensos palácios da minha sondável memória
Sentindo o sublime amor através da encantadora flor
O inexcedível amor se encontra na beleza da Rosa flor.



 
Antonio de Albuquerque
Enviado por Antonio de Albuquerque em 01/03/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr